Programa de Incentivo à Investigação Científica Horácio Mateus

 

Nota de Imprensa

 

Programa de Incentivo à Investigação Científica Horácio Mateus

Museu da Lourinhã apoia jovens investigadores

 

27 de março de 2019 – O Grupo de Etnologia e Arqueologia da Lourinhã (GEAL)/Museu da Lourinhã apresenta hoje, pelas 14,30h, o Programa de Incentivo à Investigação Horácio Mateus (PIIHM). Este programa tem por objetivo apoiar projetos de investigação e estudos avançados nos domínios das Ciências Naturais e Sociais, nomeadamente Antropologia, Arqueologia, Geologia e/ou Paleontologia e História Local, com incidência no Concelho da Lourinhã. Este ano, são considerados apenas projetos nos domínios da Geologia e/ou Paleontologia.

Com este projeto, o GEAL visa apoiar jovens investigadores e doutorados a incrementar a investigação científica e o conhecimento do património da região, nas diferentes áreas onde atua.

Os projetos considerados são os que visam a preparação laboratorial de peças e/ou o estudo de temas, factos, fósseis ou outros com origem no território do concelho da Lourinhã, que possam expandir o conhecimento da região e contribuir para o legado científico nacional.

Cada projeto é coordenado por um investigador, com o grau de doutoramento. Será também possível a candidatura de projetos liderados por licenciados, mestrandos, mestres ou doutorandos, em associação com doutores/orientadores.

Para Lubélia Gonçalves, Presidente do GEAL, “este Programa reveste-se de uma importância extraordinária para a Lourinhã e para a região Oeste e também para a investigação científica em Portugal. As entidades envolvidas assumem o compromisso de continuar a apostar e a financiar sempre que possível, projetos de investigação com foco na região onde estamos inseridos”.

O PIIHM tem o apoio financeiro da PDL-Parque dos Dinossauros da Lourinhã, no âmbito do protocolo de cooperação celebrado entre o Município da Lourinhã, a PDL e o GEAL, destinado ao desenvolvimento do trabalho científico em geologia e/ou paleontologia, no concelho da Lourinhã.

Segundo Luís Rocha, Diretor-Geral do Dino Parque “desde o início do projeto Dino Parque, que a Direção do Parque teve intenção de apoiar os projetos de investigação científica com relevância para a região, sobretudo os ligados à área da Paleontologia. Para o Dino Parque é uma forma de declarar o apoio à comunidade e região na qual está inserida, projetando-a como uma área única no que toca património natural e histórico”.

Este programa de incentivo à investigação constitui-se, ainda, como uma forma de homenagem a um dos associados fundadores do GEAL e co-fundador do Museu da Lourinhã, Horácio Mateus que se tornou conhecido do público por em conjunto com a sua mulher ter descoberto, em 1997, o Ninho de Dinossauros de Paimogo.

 

Poderá obter mais informações sobre este programa aqui

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.